(17) 3308-2526 ou 9 9673-5105 - Segunda a Sexta - 08:30 às 17:00

contato@sunsetweb.com.br

Taxa de rejeição: entenda essa métrica SEO

SEO Básico em 13/03/2019

Taxa de rejeição: entenda essa métrica SEO

Compreender os elementos de SEO que afetam na classificação de sua página no Google é essencial. Apenas assim é possível garantir a melhor performance para sua marca. Uma das métricas a ser observada é a Taxa de Rejeição, ou Bounce Rate.

 

Ainda que o nome assuste, é impossível ter uma taxa zero de rejeição. Descubra o que significa esse dado e saiba como fazer para que ele trabalhe a favor de suas páginas.

 

O que é a taxa de rejeição?

 

Taxa de Rejeição, ou Bounce Rate, é uma métrica muito útil para entender e melhorar os resultados SEO de sua página. Mas como definir essa métrica de forma clara e menos assustadora que seu nome?

 

Na verdade, a definição dessa métrica é bem óbvia e é exatamente o que o nome express. A taxa de rejeição é o volume de usuários que abandonaram ou não interagiram com sua página. Geralmente, é uma métrica avaliada por tempo de permanência na página.

 

Assim, não importa se sua página é um e-commerce, blog, álbum de fotos ou galeria de vídeos. Se o conteúdo que você oferece não desperta a curiosidade e interesse do usuário, ele desiste de ficar olhando.

 

A interações com outras páginas além da primeira que o usuário abriu também conta. Se ele entrou no seu blog, passou um tempinho lendo, mas não se interessou a visitar um segundo texto ou ir para outra aba do site, a taxa de rejeição cresce.

 

Taxa de rejeição e ranqueamento

 

O Google e demais buscadores consideram muito a experiência e interesse dos usuários no momento de ranquear um site nos resultados. Por isso, uma taxa de rejeição alta tem um impacto muito negativo na sua estratégia de SEO.

 

Esta não é a única métrica que tem impacto, mas está entre os 4 principais fatores para derrubar seu resultado. É uma métrica diretamente relacionada à experiência dos usuários e acaba impactando as outras bases de análise. O Google considera, principalmente:

 

  • CTR;
  • Taxa de Rejeição;
  • Páginas por Sessão;
  • Tempo de Permanência;

 

Quanto mais baixo for o tempo de permanência, o CTR e as páginas visitadas por sessão, maior será a taxa de rejeição e piores serão seus resultados e vice e versa. Entenda que o usuário é o principal ponto de observação para que o Google ranqueie um site. A forma como ele interage e experimenta a navegação por uma página é determinante para alcançar resultados.

 

Claro que em alguns casos o usuário fica pouco tempo por encontrar rapidamente as respostas. Mas o Google é uma ferramenta que utiliza análises automatizadas, então é sempre importante ter cuidado.

 

Taxa de rejeição entenda essa métrica

 

É bom lembrar que o bounce rate é avaliado apenas para páginas que possuem código do Google Analytics. Assim, de nada adianta reduzir a taxa de rejeição se seu Analytics não estiver configurado corretamente.

 

Como reduzir a taxa de rejeição e melhorar seus resultados?

 

Existem algumas estratégias de SEO que podem ser utilizadas para reduzir a taxa de rejeição e melhorar os resultados do seu site. Entre as principais estão:

 

Crie conteúdos relevantes

 

Textos, descrições, vídeos e fotos devem ser considerados não importa o tipo de página que você possua. Ofereça conteúdos que informem, sejam gostosos de acompanhar e que acompanhem não apenas a intenção de pesquisa dos usuários, mas também o perfil de público que você possui.

 

Se você tem uma página sobre física quântica e vende livros acadêmicos sobre o tema, de nada adianta escrever um texto cheio de gírias e maneirismos. Se seu blog é sobre fofocas de estrelas teen, não é muito interessante criar conteúdos cheios de palavras difíceis e informações muito rígidas, você precisa falar como seu público.

 

Cuidado com as palavras-chaves

 

Utilizar palavras-chave é importante, mas se focar apenas nas que possuem alta busca pode dificultar seu ranqueamento e a permanência na página. Palavras-chave que respondam mais diretamente perguntas específicas do usuário são a melhor opção.

 

Dessa forma você melhora, inclusive, a qualidade do conteúdo, tornando a leitura mais leve e fluida. Assim, incentiva seu usuário a ficar para ler o texto todo e pode capturar seu interesse para outras abas do site.

 

Aproveite os elementos disponíveis para tornar a experiência melhor

 

Links e subtítulos são elementos essenciais em um texto. Leituras muito longas tornam a informação, por mais interessante que seja, maçante. Com subtítulos você ajuda seu visitante a achar o que procura de maneira mais objetiva, além de arejar o texto, dando uma pausa para que o leitor respire.

 

Já os links auxiliam na quebra de texto e no despertar de novos interesses. Com o texto âncora certo, seu usuário pode encontrar outros temas que complementem as informações que procurava e visitar outras páginas. Com isso, o número de páginas por sessão pode aumentar e, consequentemente, a taxa de rejeição será diminuída.

 

Varie o tipo de conteúdos

 

Você tem um blog, mas isso não significa que você só pode postar textos. Infográficos, imagens e vídeos tem um poder de engajamento e permanência muito maiores. Além disso, permitem criar links entre posts com mais facilidade. É uma maneira de capturas, inclusive, usuários que não gostam de ler.

 

CTAs são uma necessidade

 

CTAs, os Call To Action ou Chamada para Ação, são formas de levar o usuário de uma página para outra. É possível direcionar o visitante para novas categorias, para produtos ou conteúdos extras em Landing Pages, onde você ainda consegue usar formulários e coletar dados sobre seu público.

 

Cuide da velocidade de carregamento

 

Não é de se espantar que páginas lentas tenham taxa de rejeição alta. Quem, hoje em dia, tem paciência para esperar uma página carregar quando é tão fácil achar outra com informações parecidas que carregam na hora.

 

Verifique o peso que seu site tem, se é possível otimizar os códigos ou se não é melhor trocar de servidor, essas podem ser formas de acelerar o carregamento e evitar que usuários abandonem a página.

 

Implementação de HTTPS

 

Esse é um dos principais parâmetros para garantir a segurança do seu site, o que é um fator de grande importância para que o usuário permaneça nele. Avisos de falta de segurança são algo que fazem com que o usuário não pense duas vezes antes de abandonar sua página.

Agência de Marketing Digital WhatsApp